terça-feira, 16 de agosto de 2011

Tomadas elétricas a pegadinha!

Olá a todos,

Hoje ainda se encontram 3 tipos de tomadas de força elétrica no mercado para a área de TI.
Mas somente o novo padrão Brasileiro a venda.

Escrevo sobre está situação pra deixar ciente que nem todos os locais de eventos atualizam suas instalações elétrica tão rápido.
Uma caso comum é quando se contrata a montagem de um stand em uma feira-de-eventos. Hoje os eletricistas já disponibilizam o padrão mais novo.

Mas e você qual usa?

Se for o antigo, podemos ter sérios problemas. Usar um adaptador parece uma solução, desde que não seja um equipamento de potência, como uma impressora a laser. É preferível acionar um eletricista e pedir a troca da tomada que ter um incêndio. E já vi isto acontecer!



Não parece, mas muito os caso da tomadas mas podem paralisar um evento inteiro por horas.

Em hotéis tem que ser observado este detalhe, pois dependendo do horário não haverá local pra se comprar um mero adaptador.

Mesmo entre o novo padrão ao perigo de equipamentos de correntes diferentes.
Tomadas de 10A são mais finas que de 20A.




Equipamentos que se deve evitar o uso de adaptadores de tomadas:
  • Projetor;
  • Nobreak;
  • Estabilizadores;
  • Impressoras Laser;
Notebook pelo contrário tem que andar de mãos dadas com diversos adaptadores de tomada.

Então para se evitar um transtorno tão simples se informe com antecedência.

Padrões de tomadas elétricas:
Um lembrete importantíssimo nunca quebre o pino do terra, pois se seu equipamento não funcionar corretamente a culpa é sua!
Até  próxima!
Fontes:
  1. Proibida a venda de aparelhos elétricos com plugue antigo.
  2. Wiki sobre NEMA
  3. Inmetro sobre NBR 14136
  4. Siemens Novo padrão de tomadas

18 comentários:

  1. Um lembrete importantíssimo nunca quebre o pino do terra, pois se seu equipamento não funcionar corretamente a culpa é sua!

    esse pino terra não seve pra nada principalmente em instalações mais antigas é só cortar ele e ser feliz com qualquer tomada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para uso pessoal, não vejo problemas. Mas em evento e empresas não acho boa idéia

      Excluir
  2. Não tem problema nenhum quebrar o pino terra...

    ResponderExcluir
  3. não pode quebrar a parte do meio...foi a primeira coisa que fiz e meu note ta ligado aqui e estou comentando com ele, ligado na tomada sem o terra

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A exclusão do pino terra em equipamentos de pequenas potência geralmente não acarreta em erro de funcionamento. Mas em eventos quando algo não da certo e vem a multa, normalmente é feito uma perícia. E a falta do pino terra pode sugerir mau funcionamento, a culpa recairá sobre o equipamento, pois isso é especificado em norma e definido pelo fabricante. Vi uma vez isso na prática, o sujeito perdeu o cliente e o nome. Essa regra vale pra situações que não são eventos como uma empresa. Se der pra evitar melhor. Obrigado pela sua participação Rodrigo

      Excluir
  4. Uma piada essa nova tomada !!!!
    Quem foi o FDP. que teve essa idéia loka???
    Ja existia o padrão universal. porque não usou ele?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa é uma boa questão e também não consegui engolir! Usando a universal teriamos mais mercado e baratearia o custo de produção de equipamentos. Trabalhei em industria e centésimos de centavos podem eliminar um fornecedor.

      Excluir
    2. Agradeço sua participação Muga

      Excluir
    3. Eu sou Sinesio Salles Junior, e o que a Infomobile Soluções responde anteriormente é falso. A patente de numero PI9803051-5 é de minha autoria, mas não tem nenhuma relação com o novo padrão de tomadas brasileiro. Quem quiser ler vai perceber que se trata de uma proposta de processo de fabricação para plugues protegidos.

      Excluir
    4. Eu sou Sinesio Salles Junior, e a afirmação do senhor Infomobile, em 7/6/14 as 21:52 horas não é verdadeira.
      Eu sou inventor de uma patente sobre o processo de produção de plugues protegidos para a PIAL Legrand.
      Estão trocando o assunto real, não souberam ler o conteúdo da patente.

      Excluir
    5. Esse é o padrão universal. O outro que vc chama de universal é um modelo antigo (ou o chato americano ou o redondo com dois pinos). Tudo que é pais usa padrão próprio. Esse que o Brasil e a Suíça adotaram é o novo desenvolvido pela IEEE (organização internacional) para ser adotado como padrão mundial até 2032.

      Excluir
  5. pode quebrar o pino do terra se nao tiver aterramento... nao vai funcionar mesmo ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é exato sem terra o pino terra é inútil, mas dependendo da potenciado equipamento é praticamente impossivel de operar sem o terra

      Excluir
  6. Filho do Lula tem a patente do padrão novo da tomada! A empresa dele vende no Brasil com exclusividade! O que vcs acham????

    ResponderExcluir
  7. "Seu mauro ao contrario", o pino terra partido não provoca incendio. Na sua casa as tomadas têm a conexão terra? Ninguem têm, só as obras de cinco anos para cá é que instalaram o terra. E esta tomada, o apelido dela é jabuticaba: só nesta terra FDP é que existe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente a falta de terra não provoca incêndio, mas mal funcionamento de equipamentos.
      O que provoca incêndios são os adaptadores mal usados como benjamim e plug que reduzem 15A ou 20A(padrão novo) para 10A. Quando se trata as vezes de equipamentos de terceiros, no qual não se pode quebrar o pino terra e optam por adaptadores, que as vezes funcionam também como redutores dos pinos pra entrar em tomada de menor potência. No caso do benjamim, aquele antigo de três entradas onde o pessoal costuma pendurar 3 equipamento sem pensar na potência(foto).
      Obrigado pela participação Alexandre.

      Excluir
  8. O senhor de nome Muga diz que eu sou o inventor do novo padrão de tomada.
    Isto não é verdade. Eu tenho uma patente para o processo de fabricação de plugues protegidos. Alguem leu erradamente a minha patente e confundiu com outra.

    Sinesio Salles

    ResponderExcluir